Samstag, November 22, 2008

A esquizofrenia de meus amigos

Primeiro, Schopenhauer encarnado na Ludy:

"Quando te conheci nosso nível evoluiu.... Teve mutação no DNA... E cada vez mais e mais nos tornaremos um mito.Somos irredutíveis, o mundo nos amará e curvará sobre nós Anazinha."


Depois, quase sem afetação, o Matt:

" Eu não sei se você consegue ou apenas finge que consegue. Um pedaço de bife acebolado no lugar do coração, é isso! Você é capaz de levar o maior tombo, levantar cheia de escoriações e com um sorriso ( aquele seu sorriso de longe) dizer que não foi nada. Eu queria lamentar por você, a verdade é que todos queriam. Mas você montada nesse sorriso e arrogância, chuta Sísifo da montanha, se suicida no lugar do Kirilov que você tanto fala... E o pior: desde que te conheço você disputa como criança mimada a coroa de espinhos com Cristo."

1 Kommentar:

dittacotedazur hat gesagt…

O comentário de Matt é absolutamente verdadeiro. Todas as vezes que vc tomou tombo(e falo até literalmente) você se levantou e como se estivesse ganhando o prêmio, colocando qualquer espectador em seu lugar: muito abaixo de você.
Minha arrogância e a sua são muito diferentes. Mas existem, e por isso nos damos tão bem.
=)