Montag, Oktober 13, 2008

O domingo mais domingo de minha vida

Acordei bocejando com os olhos ainda embaçados pelo sono, mas quando a luz matinal entrou pelo quarto dei um pulo. Andar, andar pela casa até ir ao quarto de mamãe e ir ver se o resfriado tinha passado. Não passou.
Aconcheguei-me ao colchão, fiquei olhando e forçando um sorriso. Mamãe olhou-me dura e soltou um : " Agora só restam mais duas chances." Nariz vermelho, olhos escorrendo e o recorde de em menos de cinco minutos depois de acordada começar a chorar e a doer.

Kommentare:

Ditta Côte d'Azur hat gesagt…

Na nossa época de "tarde de domingo", não era beeeem assim!
hehehe
=*****

Fernanda Capitu hat gesagt…

Pô, cê tá igual a mim.
mas é assim msmo... nada está tão ruim que não possa piorar.